Amanda Perobelli

Equidade e avaliação de políticas públicas

Jara Dean-Coffey
O que a avaliação de políticas públicas deve considerar para refletir e promover equidade?

Neste vídeo, Jara Dean-Coffey, fundadora e diretora da EEI (Equitable Evaluation Initiative, ou Iniciativa de Avaliação Equitativa), explica por que é importante considerar a equidade no momento da avaliação de políticas públicas. “Uma coisa importante de se pensar, e que faz parte do processo de avaliação [de políticas públicas], é que entendemos que a primeira coisa que você, avaliador, deve fazer é ser diferente no trabalho”, diz. Nesse sentido, explica a pesquisadora: “como nós, a partir de nosso lugar no mundo, do nosso ponto de vista de raça e gênero, estamos afetando os modos pelos quais vemos, entendemos e acreditamos em outras pessoas? Como isso afeta o que definimos como evidência, como conhecimento?”. “Em primeiro lugar, então, as pessoas devem situar a si mesmas no mundo e entender as implicações desse lugar.” “Tentar se vigiar ativamente, agressivamente e consistentemente durante seu trabalho”. Diz ainda que: “em vez de a avaliação se tratar apenas de determinar o mérito ou o valor de uma política pública, trata-se de mérito, de valor e de construir relações para a equidade”.

Jara Dean-Coffey é fundadora e diretora da EEI (Equitable Evaluation Initiative, ou Iniciativa de Avaliação Equitativa). Baseada nos EUA, a EEI busca mudar o paradigma da avaliação de políticas públicas para que ela se torne uma ferramenta para a promoção de equidade.

Os artigos publicados na seção Ponto de vista do Nexo Políticas Públicas não representam as ideias ou opiniões do Nexo e são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Leia mais

Parceiros

AfroBiotaBPBESCEM - Cepid/FAPESPCENERGIA/COPPE/UFRJCPTEDRCLAS - HarvardIEPSLAUT

Apoiadores

Fundação Maria Cecilia Souto VidigalFundação Tide SetubalGalo da manhãInstituto IbirapitangaInstituto UnibancoItaú Social