Michele Dechoum: os impactos de espécies exóticas invasoras

Por que devemos nos preocupar com espécies exóticas invasoras?

Neste vídeo, a professora da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) Michele Dechoum explica por que devemos nos preocupar com espécies exóticas invasoras. “Essas espécies trazem impactos não só ambientais, mas também impactos sociais, econômicos, à saúde pública, impactos culturais (…) tem um estudo que foi recentemente publicado, que é muito interessante, que mostrou que entre 1970 a 2017, os impactos econômicos provocados por espécies exóticas invasoras chegaram a 1,3 trilhão de dólares. Essa é uma conta que todos estão pagando, todos os governos e todos nós. Esses custos são subestimados e uma outra coisa que a gente sabe é que os custos poderiam ser 100 vezes menores se a gente tivesse estratégias de prevenção contra a introdução de espécies sendo implementadas. Em síntese, quero ressaltar que é fundamental que tenhamos uma visão holística com relação a esse tema, e que a gente tenha estratégias e políticas públicas no sentido de prevenir introduções e de conter as invasoras que já estão presentes”, disse. A pesquisadora faz parte da BPBES (Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos), um dos parceiros do Nexo Políticas Públicas.

Veja também

Parceiros

AfroBiotaBPBESBrazil LAB Princeton UniversityCátedra Josuê de CastroCENERGIA/COPPE/UFRJCEM - Cepid/FAPESPCPTEClimate Policy InitiativeGEMAADRCLAS - HarvardIEPSJ-PalLAUTMacroAmbMudanças Climáticas FAPESP